Salário Mínimo 2018: Saiba o que muda e qual o valor!

Salário Mínimo 2018: Saiba o que muda e qual o valor!

Logo no principio de todo ano, já é esperado o aumento do salário mínimo que beneficia milhões de brasileiros que trabalham assalariado. Esse reajuste é feito de acordo com a inflação do ano anterior. O atual presidente da república federativa do Brasil, Michel Temer, já assinou o decreto que irá conceder o reajuste do salário mínimo para o ano de 2018. Se você também é uma dessas pessoas que já fica esperando ansiosamente o aumento do salário mínimo, continue lendo esse artigo e veja de quanto será esse reajuste para saber quanto você irá receber de acordo com o salário mínimo 2018.

Qual o valor do salário mínimo 2018?

Grande parte da população brasileira utiliza do salário mínimo para sobreviver. São os chamados “trabalhadores assalariados”, esses, ao final de cada ano já começa a dar mais atenção aos noticiários e a pesquisar sobre o salário do ano subsequente, visto que o aumento dos salários proporciona uma pequena melhora para os trabalhadores, que ao receber mais poderão possuir um estilo de vida melhor e assim obter mais conforto.

Contudo, o aumento do salário mínimo sempre gera grande polemica ante de ser divulgado o seu valor oficial, pois cada site divulga uma especulação diferente e assim fica difícil saber qual o valor exato do aumento. Alguns sites até acertam esse valor, contudo, outros publicam um valor absurdo que só serve para criar falsas esperanças no cidadão. Por isso, antes de saber o valor real do aumento do salário mínimo, é necessário que você entenda como é feito o calculo para que esse aumento aconteça.

Como é feito o calculo do reajuste do salário mínimo 2018?

Como o próprio nome já diz, o aumento que recebemos no inicio de cada ano sob o valor do salário mínimo, o reajuste, é uma correção do valor da inflação que vai ocorrendo ao longo de cada ano.

Para que seja feito o calculo do salário mínimo 2018 além da inflação, é analisado o Índice Nacional de Preços ao Consumidor – INPC e o Produto Interno Bruto – PIB de dois anos anteriores. No caso de 2018 será analisado os dados do ano de 2016. Contudo, no ano de 2016 o PIB do país foi negativo, (- 3,6%), então esse dado será desconsiderado, e o que valerá será apenas a inflação. Neste ano, a estimativa do INPC foi de 4,48%.

Com isso o valor previsto do salário mínimo para o ano de 2018 é de 4,48% sobre o atual salário mínimo 937,00, assim, o valor seria 979,00, ocorrendo com isso um aumento de aproximadamente 42,00 para os trabalhadores assalariados. Esse aumento ainda pode ser considerado pouco, pois o trabalhador, com esse salário ainda possuirá grandes dificuldades de se manter, sem levar em consideração ainda que no principio do ano também ocorre o reajuste inflacionário em vários outros setores, aumentando ainda mais o custo de vida.

O salário mínimo é um valor justo?

O salário mínimo, quando foi criado ainda na época de Getúlio Vargas, tinha a finalidade de satisfazer as necessidades básicas do cidadão como a alimentação, educação, vestuário, habitação, transporte e higiene. E atualmente, o valor pago ao trabalhador assalariado não é o suficiente para satisfazer essas necessidades básicas do ser humano, por isso não é justo e deveria ser analisado para que consiga melhores condições de vida aos trabalhadores.

Estudiosos concluem que o ideal para um salário mínimo digno e justo seria mais que o dobro do valor que é pago atualmente, por isso é possível notar a injustiça a cerca do salário mínimo para os trabalhadores.

Valor do salário mínimo nos últimos dez anos

O salário mínimo sofre reajustes todo o ano, veja a seguir quais eram os valores dos salários mínimos nos últimos dez anos no Brasil:

01/01/2018: 979,00;
01/01/2017: 937,00;
01/01/2016: 880,00;
01/01/2015: 788,00;
01/01/2014: 724,00;
01/01/2013: 678,00;
01/01/2012: 622,00;
01/01/2011: 545,00;
01/01/2010: 540,00;
01/01/2009: 510,00.

Com os resultados acima é possível notar que o salário mínimo aumentou relativamente pouco nos últimos anos, e principalmente que há 10 anos o valor do reajuste era quase que insignificante para os trabalhadores assalariados.

As pessoas que não recebem o salário mínimo possuem outra forma de se calcular o reajuste, de acordo com a atividade que ela exerce e com o valor de sua remuneração.

 

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *