Minha Casa Minha Vida: Todas as informações para você

Quer realizar o sonho do imóvel próprio? Veja como o programa minha casa minha vida pode te ajudar a alcançar esse ideal!

O Minha casa minha vida é um dos programas de moradia popular mais eficientes que o Brasil jamais teve. Por meio do Minha Casa Minha Vida, Milhares de famílias Brasileiras tiveram acesso à casa própria em valores possíveis de serem pagos dentro de cada necessidade.

Vamos falar mais sobre as condições e facilidades do Minha Casa Minha Vida, seus diferenciais e eficiências, além dos procedimentos para que você possa participar desse excelente programado governo federal!

Como funciona o Minha Casa Minha Vida?

O Minha Casa Minha Vida é um programa que facilita enormemente a aquisição da casa própria pelas famílias selecionadas. Sendo atuante em diversas frentes, esse programa vem solucionando os problemas de casa própria e oferecendo ainda mais chances para as famílias beneficiadas.

É possível participar do programa Minha Casa Minha Vida existem duas faixas de renda, que têm suas próprias especificações:

Até R$R$1800,00 mensais: as famílias com até R$1800,00 de renda precisam passar por um cadastro na prefeitura da sua cidade, que será um serviço mais relacionado com a secretaria de habitação da sua cidade. Isso tudo será relacionado com o Minha Casa Minha Vida, mas resolvido pelas prefeituras.

Rendas entre R$1800,00 e R$6500,00 mensais: essas famílias possuem renda um pouco maiores também podem ter uma ajuda do Minha Casa Minha Vida, por meio de crédito facilitado para conseguir a casa própria. Esse crédito é disponibilizado pela Caixa e podem ser contratados individualmente, inclusive.

minha casa minha vida

Esses dois tipos de contratação tem suas características específicas, mas com qualquer uma das duas você tem certa liberdade em escolher quais são os imóveis que você vai adquirir com o Minha Casa Minha Vida. Uma das formas de conseguir atendimento no Minha Casa Minha Vida é associar-se a uma das cooperativas habitacionais autorizadas pela prefeitura.

Quais são as responsabilidades que você tem ao comprar uma casa pelo Minha Casa Minha Vida?

É extremamente importante ter responsabilidade com o financiamento conseguido no Minha Casa Minha Vida, já que ele é, em muitas vezes, um valor pequeno, mas precisa ser pago sempre em dia, já que a garantia do empréstimo é o próprio imóvel.

Dessa forma, tenham em mente que a parcela não pode passar de 30% da sua renda familiar e, com a simulação, você consegue desenvolver de forma inteligente o seu financiamento.

De qualquer das formas que você for acessar o Minha Casa Minha Vida, tenha sempre cuidado de estar fazendo negócio com pessoas idôneas, já que diversas vezes pessoas mal intencionadas usaram o nome do programa em golpes. Isso é especialmente importante quando falamos de ingressar em cooperativas.

Dúvidas ou sugestões de novos artigos aqui para o nosso site, podem deixar nos comentários!

Por hoje é só, até a próxima pessoal!

Forscolina ou forskolin: Descubra tudo sobre esse extrato aqui!

Todos os dias surgem remédios e fórmulas para emagrecer e fica difícil saber quais deles realmente funcionam. Remédios, dietas, receitas, são várias as opções e também as dúvidas. Hoje vamos falar de um extrato que vem ganhando cada vez mais espaço nas mídias e no mundo dos suplementos, a forscolina. Vamos saber mais?

Afinal o que é forscolina?

A forscolina, também conhecida como forskolin, é um extrato retirado da planta Coleus forskohlii, nativa da região da Índia e da Tailândia. A plana é da família da hortelã e tem a aparência muito parecida com o conhecido boldo. A Coleus já é uma velha conhecida da medicina ocidental e é utilizada no tratamento de várias doenças.

Quais os benéficos desse extrato?

Vários benefícios já foram atribuídos ao extrato da planta Coleus. A foscolina vem sendo usada no tratamento de doenças como:

  • Hipertensão e outros problemas cardiovasculares: Ela reduz a pressão arterial, porque relaxa as artérias e intensifica a contração do músculo cardíaco.
  • Asma: O extrato diminui a restrição das vias aéreas, porque também relaxa os músculos do trato respiratório.
  • Alergias: Ajuda com as alergias, pois diminuía a produção de histamina.
  • Glaucoma: Diminui a pressão intra-ocular.
  • Impotência sexual: Aumenta a circulação do sangue na área do pênis.
  • Para aumentar os níveis de testosterona: estudos mostraram que homens que consomem o extrato apresentam um aumento nos níveis de testosterona.
  • Para auxiliar em processos de perda de peso: melhora o metabolismo.

forscolina

Por que a forscolina ajuda a emagrecer?

O extrato, também conhecido como coleonol, ajuda a emagrecer, basicamente, porque uma vez presente no nosso organismo ele aumente os níveis de AMP cíclico. O AMP cíclico é, de forma bem simples, um componente que está presente no núcleo das células e que facilita a comunicação entre elas, o que por sua vez melhora a função hormonal. As células se comunicando mais e de forma melhor, faz com que o metabolismo celular também melhore e isso facilita a quebra de gordura.

Outra característica que faz com que a forscolina ajude o processo de emagrecimento é sua interação com a glândula tireoide. O extrato estimula a liberação de hormônios pela glândula, isso leva a um aumento do metabolismo. E como nós sabemos, um metabolismo funcionando de forma adequada facilita a perda de peso.

Restrições e feitos colaterais

Apesar de se tratar de um estrato natural, a forscolina não deve ser tomada por pessoas com:

  • Hipotireoidismo: sua interação com a glândula tireoide pode afetar pessoas com essa condição.
  • Pressão baixa: O extrato reduz a pressão arterial.
  • Mulheres grávidas e lactantes: pode prejudicar a saúde do bebê.

Efeitos colaterais

Além disso, se tomada em doses maiores dos que as recomendadas, a forscolina pode causar: diarreias, distúrbios gastrointestinais e baixar muito a pressão.

Dicas na hora de usar a forscolina

  • Não deve ser consumida uma dose maior do que 125mg por dia.
  • Os suplementos devem ter 20% do composto. Doses menores não trarão os efeitos desejados.
  • Em todos os casos onde se deseja perda de peso, deve haver um acompanhando médico e nutricional.

 

E você já conhece a forscolina? Tem alguma dúvida? Deixe seu comentário!

 

Financiamento de carro: O que é? Como pedir? Pode ser usado?

Quer comprar um carro financiado? Pode ser carro usado? Pode ter nome negativado? Aqui vamos tirar todas as suas dúvidas. Não perca mais tempo e saiba a seguir tudo sobre financiamento de carro!

O artigo de hoje veio especialmente para você que quer comprar um carro, mas não tem o dinheiro todo à vista e dessa forma quer tentar um financiamento e não sabe nem por onde começar. Não se desespere! Estamos aqui para te auxiliar em todas as etapas e tirar todas as suas dúvidas em relação ao financiamento de veículos. Vamos explicar o que é um financiamento de carro, como ele ocorre, quais as exigências, se você pode ou não financiar um carro antigo, se pode conseguir empréstimo com nome negativado e etc.

O que é um financiamento de carro?

Muitas pessoas ouvem falar sobre o assunto todos os dias, mas não sabem e nem entendem muito bem como um financiamento de carro funciona. É algo simples de entender, então vamos lá.

Todos sabemos que para comprar um objeto ou algo de grande valor, é necessário dispor de uma grande quantia de dinheiro de uma só vez. Quando alguém resolve comprar um carro, nem sempre a pessoa dispõe de toda a quantia necessária de uma só vez. Poucas pessoas tem um valor alto, como por exemplo, de R$30.000,00 (trinta mil reais) no mesmo dia para pagar um carro à vista. Por esse motivo as pessoas compram carros financiados.

O financiamento do carro consiste em pedir dinheiro emprestado em um banco, onde ele pagará a quantia completa do carro na revendedora ou concessionária. Dessa forma você pagará o carro ao banco em suaves prestações. O banco é o “dono” do carro enquanto você não termina de pagar todas as prestações, você tem o direito de usá-lo.

Financiamento de carro

Como pedir financiamento de carro? Veja com fazer uma simulação na hora

Para saber se você conseguiria comprar seu carro financiado, os bancos te dão a chance de fazer na internet a simulação desse crédito. Você preenche nos campos com o modelo e marca do veículo, o ano e a placa. Além disso informações como o valor do carro, o valor de entrada que você pode dar e também escolhe o número de parcelas que quer pagar. Dai o próprio site fará uma simulação de quanto ficaria o valor da prestação do seu financiamento. Dessa forma você já terá uma ideia se poderá ou não arcar com essa dívida todo mês no seu orçamento.

Esse não é o financiamento propriamente dito, é apenas uma simulação. O financiamento mesmo dependerá de vários fatores e vários documentos e tramites entre você e o banco. O banco analisará também a sua situação financeira, o seu salário, para ver se aprova ou não o seu financiamento.

Você pode fazer agora mesmo a simulação de financiamento em tais bancos:

Posso financiar carro usado?

Muitas pessoas acham que o financiamento serve apenas para carros novos, mas isso é um mito. Você pode fazer o financiamento de carro usado e também de seminovos.

É possível realizar financiamento com nome negativado?

Muitas pessoas têm problemas de nome negativado e acham que nunca irão conseguir um financiamento junto a um banco. É bem verdade que a maioria deles exige que você esteja em dia com suas contas, mas você deve insistir em fazer a pesquisa em outros bancos e provar que tem uma boa renda mensal. Dessa maneira é possível que você consiga um financiamento de carro mesmo estando com o nome negativado.

Gostou do post de hoje? Para outras dúvidas e sugestões nos deixe comentários.

Até a próxima!

Segunda via carteira de motorista: Saiba aqui como tirar!

Dentre uma série de dificuldades que uma pessoa que necessita dirigir pode ter, uma das mais preocupantes é precisar tirar a segunda via carteira de motorista, principalmente porque, muitas vezes, a burocracia pode fazer com que o processo se estenda por muito mais tempo do que poderíamos esperar.

Atualmente existem diversas formas de se resolver este tipo de situação, algumas especialmente fácies, como, por exemplo, quando não é necessária nenhuma alteração de dados cadastrais.

Vamos falar mais do processo de tirar a segunda via carteira de motorista, além das facilidades e vantagens que a internet pode te oferecer nesses casos!

Como tirar a segunda via carteira de motorista online?

Vários órgãos governamentais já conseguiram otimizar o seu atendimento facilitando o processo para os usuários. Esse é o caso da CNH, Carteira Nacional de Habilitação, que pode ser requerida pelo site do DETRAN. Lá você pode encontrar todos os dados necessários para fazer o requerimento para a emissão da segunda via carteira de motorista

Vale ressaltar que para solicitar a segunda via da CNH é preciso já ser um condutor cadastrado no DETRAN, a segunda via da CNH pode ser solicitada em caso de extravio, roubo, furto, ou má conservação.

Para abrir a solicitação tudo oque você precisa é acessar o site do DETRAN, ou fazer o acesso pelo aplicativo que o DETRAN oferece, aplicativo esse que pode ser usado por tablets ou smartphones.

Caso você queria fazer a solicitação da segunda via da CNH pelo site do DETRAN o seu primeiro passo é criar um login e senha para ter acesso aos serviços oferecidos online. A partir do login feito, é possível pedir a segunda via da carteira de motorista. Como informamos anteriormente, é indispensável que os dados estejam corretos, pois a segunda via da carteira de habilitação seja entregue no endereço que está registrado no próprio documento.

As taxas para a entrega da segunda via da carteira de motorista são de R$35,00+ envio, que varia de acordo do estado onde você está pedindo a sua segunda via.

Como tirar a segunda via no caso de precisar alterar dados cadastrais?

No caso da necessidade de segunda via com alteração de dados cadastrais, se faz necessário ir até uma unidade de atendimento do DETRAN do seu estado, onde os procedimentos são relativamente similares. É necessário comparecer com um documento original com foto e a taxa permanece a mesma.

Algumas vezes a segunda via da carteira de motorista é enviada pelo correio, com o pagamento de uma taxa adicional. Verifique no seu posto de atendimento essa possibilidade.

Outro detalhe importante é que, seja online ou pedindo diretamente, existirá um intervalo de, pelo menos, uma semana, em que você estará sem a carteira de motorista. Ande com uma cópia da original quando for dirigir ou evite pegar no volante, já que dirigir sem a carteira de motorista é uma infração, que pode gerar multa e pontos na sua carteira.

O Tem de tudo vai te manter atualizado com diversas informações importantes sobre documentação e dicas incríveis sobre os mais diversos assuntos para você. Continue conosco!

DPVAT. Como encaminhar o auxílio acidente?

O DPVAT é um seguro que todos os proprietários de veículos terrestres pagam no início do ano junto com o IPVA. Esse seguro é responsável por cobrir Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre; ele indeniza qualquer vítima de um acidente de trânsito e pode ser solicitado por qualquer pessoa.

Quem pode solicitar o seguro DPVAT

Esse seguro pode ser solicitado pelas vítimas em três casos diferentes e em cada um deles há um valor definido para a indenização. É importante ressaltar aqui que para solicitar o DPVAT, a vítima não precisa ter um carro e muito menos ter pagado pelo seguro. Esse seguro cobre vítimas atingidas por todos os veículos terrestres e também pela sua carga. O proprietário do veículo que causou o acidente não pode solicitar o auxílio, mesmo que ele pague, pois ele é destinado a terceiros.

Como solicitar o auxílio acidente

O auxílio acidente deve ser encaminhado pela vítima nos seguintes casos: invalidez permanente e despesas hospitalares. Se o acidente gerar a morte da vítima, o encaminhamento deve ser feito pelos herdeiros e familiares. Para dar entrada no auxílio, a vítima ou a família deve ir até um posto autorizado com os documentos indicados em mãos. Os documentos solicitados podem variar de acordo com o dano causado.

O atendimento nos postos autorizados é bem rápido e se tudo der certo, a vítima recebe a indenização em até 30 dias após a solicitação.

Locais para solicitar o seu auxílio acidente

A recomendação é que o pedido do DPVAT seja feito nos postos autorizados que estão espalhados por todo país, sem a ajuda de intermediários. Um exemplo de postos autorizados são as agências dos Correios, os escritórios das seguradoras conveniadas e também os sindicatos de corretores de seguros.

Todos esses postos autorizados estão disponíveis no site do DPVAT para uma fácil pesquisa, mas ainda assim muitas pessoas preferem recorrer a um advogado para dar entrada no seu auxílio. Isso não é errado, caso você tenha muita confiança em certo advogado, pode recorrer a ele para tirar suas dúvidas e solicitar o pedido. Diversas pessoas recorrem a escritórios de advocacia que são especializados nesse assunto para saber tudo sobre o DPVAT, ao que têm direito e como prosseguir para receber a indenização.

Valores do auxílio DPVAT

Os valores recebidos dependem muito do tipo de dano causado no acidente. O DPVAT cobre três tipos: morte, invalidez permanente e despesas médicas e hospitalares. As vítimas que tiveram que gastar com despesas no médico, pode receber uma indenização de até R$2.700 reais, as vítimas que ficaram inválidas recebem uma indenização que pode chegar a R$13.500 reais e no caso de morte, o valor da indenização não pode passar os R$13.500.

Os valores podem mudar dependendo do caso e também da gravidade do acidente, visto que muitas vezes as despesas com o hospital podem ultrapassar os R$2.700 reais. O encaminhamento do auxílio pode ser feito em até 3 anos após o acidente, informe-se sobre os valores e documentos, e vá até um posto autorizado.